A vitória dessa quarta-feira sobre o Murici por 3 a 0, no Mineirão, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, ampliou o bom retrospecto do Cruzeiro na temporada 2017. Com 13 vitórias e um empate em 14 partidas, o clube celeste ostenta 95,2% de aproveitamento e é o único entre os 20 times da Série A do Campeonato Brasileiro que não perdeu em 2017. Os números incluem a goleada por 8 a 2 sobre o Brasília em amistoso de pré-temporada.

Levando em conta apenas as partidas oficiais, o Cruzeiro dividia a condição de invicto com o Flamengo até essa quarta. O rubro-negro, porém, acabou sofrendo seu primeiro revés por competições – 1 a 0 para a Universidad Católica, do Chile, pela segunda rodada do Grupo 4 da Copa Libertadores. Antes desse jogo, o único tropeço do Fla havia sido no amistoso contra o Vila Nova-GO, do qual perdeu pelo mesmo placar em janeiro, no Serra Dourada.

Ao avaliar a série de invencibilidade do Cruzeiro, o técnico Mano Menezes elogia os bons resultados durante uma entrevista:
“É bom não perder, conquistar vitórias, mesmo para questões que precisamos melhorar. É muito mais fácil melhorar com resultados positivos. Alguns dias atrás a gente se deparou com a seguinte situação, jogaríamos 11 jogos em 38 dias. Não tem como entregar um futebol brilhante. Você precisa entregar resultados e é isso que estamos resolvendo. Já passamos um bom pedaço e queremos chegar no final e saber que fizemos bem. Depois, quando as coisas voltarem ao normal, poderemos oferecer um futebol de intensidade alta como já fizemos várias vezes esse ano”.

Em 14 apresentações, o Cruzeiro marcou 37 gols e sofreu apenas sete, o que mostra equilíbrio entre os setores ofensivo e defensivo. Com o objetivo de se manter em alta, a Raposa tentará estender suas marcas no próximo domingo, às 16h, contra o Tombense, no Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro.