Cruzeiro não tem boa atuação contra o América-MG, principalmente no segundo tempo, mas consegue assumir, ainda de que maneira provisória, a ponta do Mineiro.

Foi 1 x 0 com gol de pênalti. Mas o Cruzeiro venceu o América-MG no clássico neste domingo no Independência e assumiu a liderança provisória do Campeonato Mineiro com 19 pontos.

Sobre o bom momento que atravessa na temporada e no Cruzeiro, Rafael Sobis preferiu ressaltar a boa fase do time cruzeirense durante uma entrevista:

“Não só meu, o mérito é de todo mundo. Ano passado as coisas se complicaram para nós, pelo fato de o time não andar tão bem, os rivais perderam o respeito. No fim do campeonato a gente se recuperou, talvez até tivéssemos conseguido ir para a Libertadores com mais algumas rodadas. Este ano começou o trabalho do zero, para todo mundo.”

O Cruzeiro chega a 13 partidas na temporada sem saber o que é derrota. Foram 12 vitórias e um empate, sendo sete jogos pelo Campeonato Mineiro, três pela Copa do Brasil, dois pela Primeira Liga e um amistoso.

Somente a partir do momento em que o rival balançou a rede é que o América resolveu ir ao ataque.   Contudo, como estava com um meio-campista a menos em função dos três zagueiros, o time não produzia de maneira qualificada. Mano Menezes mandou a campo Alisson, Rafinha e Ramón Ábila. Melhor para o time celeste, que, apesar de não ter assustado o goleiro João Ricardo, segurou o placar e alcançou o primeiro lugar provisório no Estadual.